Três municípios recebem mais de R$ 4 milhões em ações de fortalecimento social da Fundação Renova

Atualizado: Jun 16

Medidas de apoio à proteção social nas comunidades impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), integram as iniciativas de reparação na bacia do rio Doce. Entre elas, estão acordos de cooperação realizados pela Fundação Renova com os municípios de Barra Longa (MG), Linhares e Colatina (ES).


Os repasses somam mais de R$ 4 milhões somente nesses três municípios. Em Barra Longa, por exemplo, o acordo assegurou a contratação de profissionais, aquisição de equipamentos e a entrega de uma brinquedoteca. Colatina selecionará uma instituição socioassistencial para auxiliar no serviço de assistência social existente no município. No caso de Linhares, a parceria resultou na entrega de veículos para fortalecer os serviços sociais.






Equipamentos e recursos humanos em Barra Longa


Os resultados do termo assinado em agosto do ano passado são realidade em Barra Longa. O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) foi beneficiado com importantes ações. Já foram entregues ao município: uma brinquedoteca, espaço de convivência que oferecerá ações socioeducativas e contribuirá para o desenvolvimento social das pessoas atendidas, mobiliário e equipamentos.


Durante a pandemia, não haverá atividades na brinquedoteca, mas quando as atividades puderem ser retomadas, o espaço será aproveitado para desenvolvimento social dos diversos públicos (crianças, adolescentes, jovens e suas famílias), com experiências lúdicas e vivências artísticas.


Além disso, dois veículos e dois cartões-combustíveis auxiliarão no deslocamento da equipe do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Sete profissionais de assistência social e psicologia também foram contratados para compor a equipe técnica de Proteção Social. Ao todo, cerca de R$ 1 milhão será destinado ao município para fortalecer o atendimento a pessoas vulneráveis.


“A parceria cria condições de aumentar a capacidade instalada no município. Consequentemente, isso melhora a estrutura de proteção social junto às famílias vulneráveis em Barra Longa. E o repasse desses recursos é de suma importância nesse momento de pandemia, uma vez que existe a possibilidade de as vulnerabilidades aumentarem. Ou seja, é mais um apoio para fortalecer o atendimento”

Glaziane Silva

Especialista do Programa de Proteção Social da Fundação Renova


Acordo de cooperação em Colatina


Em Colatina (ES), os serviços de assistência social fortalecerão 400 famílias vulneráveis impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão (MG) por meio do repasse de R$ 837 mil. O atendimento será viabilizado por meio do Acordo de Cooperação Técnica, assinado em maio deste ano entre a Prefeitura de Colatina e a Fundação Renova.

O documento prevê que uma instituição socioassistencial seja selecionada, através do Edital de Proteção Social, para atuar na suplementação dos serviços de assistência social existentes no município. O acordo também permitirá a oferta de capacitações a cerca de 10 operadores de proteção social municipais.


“Esta parceria com o município é importante no processo de reparação do público vulnerável, uma vez que possibilita à Fundação Renova suplementar as ações já desenvolvidas pelo Sistema Único de Assistência Social (SUAS) do município de Colatina e contribui para a capacitação de seus profissionais potencializando o atendimento às comunidades impactadas”

Maria Albanita de Lima

Especialista do Programa de Proteção Social da Fundação Renova




Veículos auxiliam ações em Linhares






A cidade capixaba de Linhares ganhou, em maio, três veículos para apoiar os serviços da área de assistência social. Serão repassados também três cartões combustíveis. O município receberá cerca de R$ 2,6 milhões em investimentos na área de assistência social.


A Fundação Renova iniciou o repasse do recurso, que será depositado em quatro parcelas. Até o momento, já foram disponibilizados mais de R$ 624 mil.

Com os recursos, o município disponibilizará assistentes sociais, psicólogas e oficineiros para ampliar o atendimento à população, assim como insumos para as atividades nos serviços do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).


“Os veículos vão contribuir para um melhor atendimento às famílias nas comunidades impactadas. O termo assinado também possibilitará a Linhares a oferta de capacitações das equipes, repasse de recursos financeiros para contratação de 17 profissionais, aquisição de insumos e equipamentos”.

Priscila Ohira

coordenadora do Programa de Proteção Social da Fundação Renova



Programa de Proteção Social


Todas essas iniciativas fazem parte do Programa de Proteção Social da Fundação Renova. Prefeituras de até 24 municípios mineiros e capixabas receberão repasse total de R$ 27 milhões, além de 35 veículos da Fundação Renova.


Os recursos têm como destino a ampliação do atendimento às mais de 14 mil famílias vulneráveis. Esse público reside nas localidades atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão. O apoio é feito através de um Termo de Cooperação Técnica e Financeira assinado entre a organização e os municípios.


O programa visa promover a proteção social, por meio de ações socioassistenciais, socioculturais e apoio psicossocial, além de realizar acompanhamento das famílias e dos indivíduos impactados.