Rumos do Desenvolvimento



São três as frentes de fomento à economia local, todas com o objetivo comum de estimular a retomada da atividade econômica da região impactada pelo rompimento de Fundão: promover a diversificação econômica dos municípios dependentes da mineração, desenvolver mecanismos de estímulo ao incremento das cadeias produtivas locais e restituir a capacidade produtiva aos micro e pequenos negócios. Não se trata apenas de promover a recuperação e o aquecimento da economia, mas de criar condições para uma prosperidade econômica de longo prazo, com bases sustentáveis.


Uma das ações implementadas pela Fundação Renova foi a criação de fundos de investimento:


  • Fundo Desenvolve Rio Doce R$40 milhões em linhas de crédito a micro e pequenos empreendedores. Condições facilitadas de taxa e prazo e análise de risco diferenciada. Até dezembro de 2018, R$22,5 milhões foram emprestados para negócios diversos nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.


  • Fundo Diversifica Mariana R$ 55 milhões com o objetivo de atrair empresas dos mais diversos segmentos para Mariana (MG) e diminuir sua dependência da atividade minerária. O modelo de subsídio adotado paga parte das taxas de juros cobradas em operações de crédito.


  • Compete Rio Doce R$12 milhões para capital de giro a baixo custo para empresas com faturamento de até R$ 4,8 milhões sem acesso ao crédito formal.


Somam-se a essas ações o estímulo ao turismo, a priorização da contratação de mão de obra local e investimento na qualificação profissional nessas localidades.




© Copyright 2019 Fundação Renova. Todos os direitos reservados | Política de Privacidade