Recursos vão ultrapassar R$ 12 bilhões em 2020

Até o final do ano, a Fundação Renova terá desembolsado R$ 12 bilhões na reparação e compensação de danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão. O orçamento previsto para este ano é de R$ 4,68 bilhões. O valor é 72% maior do que em 2019. Indenização e reassentamento são as áreas que receberão maior aporte financeiro.



Será pago mais R$ 1,5 bilhão em indenizações e Auxílio Financeiro Emergencial (AFE), o valor representa mais de 70% do que já foi desembolsado por este programa desde o rompimento da barragem de Fundão (R$ 2,11 bilhões até dezembro de 2019).



Para as obras de reassentamento, serão destinados outros R$ 889,3 milhões, valor 159% maior que o que foi investido no ano anterior. Do montante, mais da metade será destinada às obras de Bento Rodrigues.



Para restabelecer e monitorar as condições socioambientais da bacia do rio Doce, que envolvem investimentos em soluções para saneamento, biodiversidade, manejo de rejeitos e monitoramento da água, serão destinados R$ 357,9 milhões além do que foi desembolsado até 2019. O valor é 114% maior do que foi investido no ano passado.



Outros investimentos previstos para 2020:



Orçamentos anuais acumulados:





© Copyright 2019 Fundação Renova. Todos os direitos reservados | Política de Privacidade