© Copyright 2019 Fundação Renova. Todos os direitos reservados | Política de Privacidade

5 perguntas sobre manejo de rejeito



Saiba mais sobre o rejeito que estava na barragem de Fundão:

O que é rejeito?

No caso da mineração, rejeito é a lama que resulta da lavagem do solo durante a extração do minério de ferro. Na região de Mariana (MG), o ferro aparece em partículas. Para extraí-lo, é preciso triturar, lavar e peneirar, repetidamente, pedaços de solo.


De onde vêm os metais que foram encontrados na área impactada pelo rompimento?

Com o rompimento da barragem, a onda de rejeito foi se misturando a tudo que arrastou das margens e ao que revolveu no fundo dos rios. Veio à tona, então, uma grande quantidade de substâncias, potencialmente tóxicas, depositadas ao longo de séculos de exploração econômica da região atingida — não só pela atividade mineradora, mas também industrial e agrícola, além de esgoto doméstico sem tratamento. Por isso, foram detectadas altas concentrações de metais e de outros contaminantes encontrados nos rios da região após o rompimento.


Todo o rejeito localizado nas margens do rio Doce será retirado?

Não necessariamente, pois a melhor solução será dada caso a caso conforme as características de cada um dos 17 trechos impactados. A decisão final tem como princípio as alternativas com menor impacto ao meio ambiente e à sociedade.


Por que a água do rio fica mais turva e avermelhada em certas ocasiões, mesmo sem vazamento de rejeito?

Muita lama ainda permanece em situação instável, mesmo que parte do rejeito tenha sido removida ou incorporada ao solo por obras do manejo de rejeito. Quando essa lama instável se movimenta, seja por ação do homem (inclusive no momento de sua retirada) ou por força das chuvas, o que estava em equilíbrio se dispersa e afeta diretamente a turbidez e a cor da água. Aos poucos, com o avanço das ações de manejo de rejeito (e à medida que surjam resultados de programas paralelos, como a recuperação de nascentes e plantio de mata ciliar), esses episódios tendem a se tornar menos frequentes e a água do rio ficará, progressivamente, mais limpa.


O rompimento da barragem afetou a composição química do solo?

Essa resposta depende de estudos que ainda estão em andamento. Ainda é preciso determinar possíveis contaminações trazidas pela onda de lama ao revolver o fundo dos rios e arrastar materiais de suas margens.