© Copyright 2019 Fundação Renova. Todos os direitos reservados | Política de Privacidade

Educar e qualificar os jovens do rio Doce



O projeto de Formação de Lideranças Jovens está na agenda do Programa de Educação para Revitalização da Bacia do Rio Doce, estabelecido com o propósito de engajar comunidades na construção de soluções para melhoria da qualidade socioambiental dos territórios atingidos.


As primeiras instituições do projeto, que vai atender 1.200 jovens nos 39 municípios atingidos, foram selecionadas para atuarem com ações de articulação, mobilização, formação e engajamento, contribuindo para o desenvolvimento da bacia do rio Doce.


Veja a lista com as instituições:


ÁREA 1 (Mariana; Barra Longa; Rio Doce; Santa Cruz do Escalvado; Ponte Nova)

1º: Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento- CPCD

2º: Associação Mineira das Escolas Famílias Agrícolas – AMEFA

3º: Centro de Aprendizado Metódico e Prático de Limeira


ÁREA 2 (Sem-Peixe; Rio Casca; São Pedro dos Ferros; São Domingos da Prata; São José do Goiabal; Raul Soares; Dionísio; Córrego Novo; Pingo D’água; Marliéria; Bom Jesus do Galho; Timóteo; Caratinga; Ipatinga; Santana do Paraíso; Ipaba; Bugre; Iapu; Sobrália; e Fernandes Tourinho)

1º: Fundação Geraldo Pelingeiro Abreu – FGPA

2º: Centro de Aprendizado Metódico e Prático de Limeira


ÁREA 3 (Belo Oriente; Naque; Periquito; Alpercata; Governador Valadares; Tumiritinga; Galiléia; e Conselheiro Pena)

1º Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável – CIEDS

2º: Instituto Elos

3º: Agroatins Carajas

4º: Instituto de Pesquisa Relacional- IPR

5º: Seravalli Consultoria LTDA


ÁREA 4 (Resplendor; Itueta; Aimorés; Baixo Guandu; Colatina; e Marilândia)

1º: Associação Mineira das Escolas Famílias Agrícolas – AMEFA

2º: Agroatins Carajas


ÁREA 5 (Linhares; Aracruz; São Mateus; Serra; Conceição da Barra; e Fundão)

1º: Lumiar Ambiental

2º: Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável

3º: Instituto de Pesquisa Relacional- IPR