Defesa Civil dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo também recebem reforços

Atualizado: Jun 16

A Fundação Renova está contribuindo também para fortalecer o trabalho realizado pela Defesa Civil em municípios atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão. Recentemente, foram entregues diversos equipamentos para fortalecer as ações no Espírito Santo, como drone, tablets, trenas mecânicas, pregadores pneumáticos e outros materiais, destinados ao Plano de Contingência da Região de Linhares e Sooretama.


Além disso, no início do ano, foi investido aproximadamente R$ 1,4 milhão em um sistema de comunicação moderno e com tecnologia avançada, implantado na área em que atuam a Guarda Municipal e a Defesa Civil de Mariana, em Minas Gerais.



Espírito Santo


No ES, os equipamentos serão utilizados em ações de prevenção e para minimizar desastres. Até o momento, a Fundação Renova investiu aproximadamente R$ 83 mil na aquisição dos produtos.


A ação foi viabilizada por meio da assinatura de um Termo de Entrega de Equipamentos entre a Fundação Renova, a Coordenadoria Estadual de Proteção, a Defesa Civil-Corpo de Bombeiros Militar (COMPDEC) e o governo do Espírito Santo. A previsão é que iniciativas semelhantes ocorram até o final deste ano, por meio da assinatura de novos termos de entrega.


Minas Gerais


Em MG, o sistema de comunicação implantado na área em que atuam a Guarda Municipal e a Defesa Civil de Mariana permite o aumento da segurança na comunicação entre os agentes dos órgãos, a ampliação da cobertura e a proximidade com a comunidade na comunicação de riscos e desastres.


Na ação, os dispositivos analógicos utilizados pelos órgãos foram substituídos por equipamentos digitalizados. No total, aproximadamente R$ 1,4 milhão foi investido na aquisição e instalação dos aparelhos e de bases de rádio nos distritos de Camargos, Ponte do Gama, Pedras, Borba, Paracatu de Cima e Campinas — os reassentamentos de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo também vão receber as bases quando estiverem concluídos.