Entidades selecionadas por BrazilFoundation e Renova desenvolvem projetos econômicos e sociais




A parceria firmada entre a BrazilFoundation e a Fundação Renova para apoiar o empreendedorismo e desenvolvimento econômico no Leste de Minas e Baixo Guandu (ES) começa a dar resultados. As 13 entidades beneficiadas pela 1ª Chamada de Projetos, realizada no começo do ano, já estão trabalhando em projetos socioeconômicos que beneficiarão a região.


A iniciativa tem, como meta, apoiar financeiramente e capacitar tecnicamente entidades ligadas ao empreendedorismo nas duas regiões, permitindo que melhorem o impacto social de suas ações e a renda das famílias envolvidas. Ao todo, a parceria prevê recursos de R$ 1,2 milhão.


A Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis Natureza Viva (Ascanavi), de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, foi uma das entidades aprovadas na 1ª Chamada. Com o nome de Promoção Social na Gestão de Resíduos em Governador Valadares, o projeto busca fortalecer o empreendimento solidário com a aquisição de materiais para divulgação da coleta seletiva e equipamentos para dar segurança no armazenamento do vidro e aumentar o volume de venda do papel triturado.


“Ficamos muito felizes por termos o nosso projeto selecionado. Já recebemos metade do valor e conseguimos pagar os serviços da agência de publicidade e administrativo, fizemos a compra de uma fragmentadora de papel semi-industrial e camisas personalizadas para o trabalho de mobilização. Com a fragmentadora de papel, Valadares passa a ter um local adequado e seguro para descarte de documentos confidenciais”, conta Raquel Rodrigues da Silva, coordenadora geral da associação.


Outro projeto selecionado na primeira chamada foi da cidade capixaba de Baixo Guandu. A doceira Márcia Frederico de Almeida Percílios inscreveu a empresa familiar Doces Artesanais Ilha da Fantasia, que há 20 anos fabrica e comercializa produtos naturais e artesanais. Com a seleção do seu projeto, ela quer melhorar a qualidade dos doces de leite e frutas que são produzidos.


As inscrições da segunda chamada para projetos, voltada para Sem-Peixe (MG) e Baixo Guandu (ES), encerraram-se em 15 de agosto.

© Copyright 2019 Fundação Renova. Todos os direitos reservados | Política de Privacidade