5 perguntas sobre contratação local



1. Como funciona a política de contratação local da Fundação Renova?

A política determina que empresas dos 39 municípios atingidos tenham precedência na participação em concorrências e licitações para contração de fornecedores de produtos e serviços. Quando não aparecem inscritos em número suficiente (é necessário um mínimo de três concorrentes), o escopo se abre para os municípios vizinhos ou outras cidades de Minas Gerais e do Espírito Santo. Se ainda assim a cota mínima não for atingida, passarão a ser aceitas inscrições de empresas de outros estados. Em 2018, o número de convidados locais ficou acima de 80% em todos os meses. Em algumas ocasiões, chegou a 100%. Uma exceção a esse processo aconteceu na licitação das obras para construção das casas e bens públicos dos reassentamentos de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo, em função da rejeição dos futuros moradores às construtoras locais.


2. Onde estão e quantos são os fornecedores locais da Fundação Renova?

Eles estão localizados ao longo de toda a região da bacia do rio Doce. A maior parte concentra-se no trecho mais atingido, entre a barragem de Fundão e a usina de Candonga. O município de Mariana detém o maior número de fornecedores, com 218 empresas contratadas ao longo de 2018. No total, os serviços prestados por essas empresas para a Fundação garantiram uma injeção de R$ 28 milhões no caixa dos municípios, apenas em Impostos sobre Serviços (ISS).


3. Quais são os principais desafios envolvidos na contratação de fornecedores locais?

É importante que os fornecedores estejam aptos a aproveitar as oportunidades de renda e emprego geradas pela atuação da Fundação, bem como em transformá-las em fonte de sustento e prosperidade de longo prazo. Nesse sentido, os grandes desafios estão em proporcionar qualificação profissional e capacitar as empresas a gerir seus negócios de forma eficiente e sustentável.


4. O que é preciso para ser um fornecedor local da Fundação Renova?

São pré-requisitos: estar baseado fisicamente e fazer seu recolhimento de ISS em um dos 39 municípios atingidos e recolher ICMS para os estados de Minas Gerais ou Espírito Santo.


5. Como se cadastrar para ser um fornecedor local?

O primeiro passo é acessar a área de cadastro de fornecedores no site da Fundação Renova e preencher o formulário. Nos escritórios da Renova em Mariana e Governador Valadares há plantões semanais para os interessados em se cadastrar pessoalmente e tirar dúvidas sobre os processos de concorrência e contratação.

© Copyright 2019 Fundação Renova. Todos os direitos reservados | Política de Privacidade