3 Perguntas para Kadio Aristide


1) O que é a meliponicultura?


A meliponicultura é a criação racional, com equilíbrio e sustentabilidade, de abelhas sem ferrão. Há muito tempo, ela é praticada pelos povos nativos das Américas, mais especificamente no Brasil e no México. Cerca de 90% das espécies de árvores da Mata Atlântica dependem dessas abelhas para se reproduzirem, pois elas são responsáveis pela polinização. O seu mel também é valorizado pelas áreas de gastronomia e estética.





2) Quais são os objetivos do edital e público-alvo?


As instituições escolhidas implementarão um projeto de criação de abelhas sem ferrão com foco na geração de renda, já que hoje há uma escassez dessas colmeias no mercado. O projeto atenderá 80 famílias de Regência, Povoação, Areal, Entre Rios e Degredo, na foz do rio Doce, no município de Linhares (ES).



3) Como funcionará o edital?


Em termos práticos, ele contará com dois ciclos bem distintos. O primeiro envolverá planos estratégicos de multiplicação de abelhas nativas sem ferrão e assessoria técnica para diversificação da produção e organização da cadeia produtiva. Já o segundo será destinado ao processamento, beneficiamento e prospecção do mercado do mel, pólen e outros produtos derivados da criação de abelhas. As entidades interessadas deverão enviar até duas propostas, uma para cada ciclo intencionado. Caso uma organização apresente propostas capazes de atender aos dois ciclos, o edital poderá escolher apenas uma organização.

© Copyright 2019 Fundação Renova. Todos os direitos reservados | Política de Privacidade